Nome para empresa de Eventos [ Como criar uma MARCA ® IRRESISTÍVEL ]

Albert Einstein

Muitas pessoas se animam com a ideia de abrir um negócio próprio e já querem de imediato definir o nome para empresa de eventos, partir para produção e fechar vendas.

Toda esta empolgação é sim super importante, tanto para abrir o negócio, como também para mantê-lo em pleno funcionamento.

Entretanto, antes de já sair divulgando o nome do seu projeto ou empresa de eventos e festas é essencial que se tenha um plano estratégico. E o motivo é simples, o plano estratégico é o norte e o guia de toda empresa.

O seu projeto ou empresa de eventos e festas deve ter um plano estratégico muito bem definido para que então você possa construir o plano de comunicação da empresa e de seus produtos e serviços que serão ofertados dentro do mercado de eventos.

E é neste plano de comunicação que entra a escolha do nome para empresa de eventos, que uma vez definido será a identidade escrita e verbal da sua empresa e da sua marca.

Frase extraída do livro Gestão Estratégica do Design, de Robert Brunner e Stewart Emery.

🔎 BUSCANDO UM NOME CRIATIVO PARA EMPRESA DE EVENTOS

Uma vez estabelecido a estratégia de negócios, há várias maneiras de escolher o nome para empresa de eventos. A seguir, apresentaremos algumas informações e recomendações, considerando 8 perspectivas:

1) NOME MUITO LONGO E DE DIFÍCIL PRONÚNCIA

Imagine você atendendo o telefone da sua empresa de eventos ou em um webinar ao vivo falando:

“Olá! Boa tarde! Eu sou fulado de tal do projeto/da empresa de eventos Veranstaltungen Schweinsteiger”.

Complicado não? Nomes longos e de difícil pronúncia dificultam a memorização e não são nada comerciais.

2) GOSTO PESSOAL X ASSIMILAÇÃO AO NEGÓCIO

Normalmente, em meio a empolgação, surgem nomes que nos marcaram de alguma forma, seja por ser um nome diferente, ou pela experiência que tivemos, ou por termos um laço afetivo, ou por simplesmente acharmos bonito.

Seja qual for o motivo, é importante avaliar se este nome está ou não conectado com o tipo de negócio escolhido.

A definição do nome para empresa de eventos deve ser clara na apresentação do seu negócio e não pode gerar dúvidas sobre os produtos e serviços ofertados. Normalmente o nome deve estar relacionado com a essência ou história da marca.

Apresento alguns exemplos:

Exemplo 1: Subway (Metro, em português). A origem do nome se deve ao modelo de negócios: vendas de sanduiches nas estações de metrô de Londres.

Exemplo 2: Apple (maçã, em português). O nome e símbolo da marca nada mais é do que uma homenagem a Isaac Newton através da maçã e a mordida nela representando o senso de descoberta.

Da mesma forma, temos tantos outros exemplos como: Windows, RedBull, Editora Abril, Banco do Brasil, BMW, Cavalera, Chanel, etc.

3) PÚBLICO-ALVO

Ainda considerando a estratégia do negócio, sabemos que é importante ouvir e analisar o público-alvo da sua empresa de eventos e festas.

Assim sendo, mais do que saber o que eles precisam e desejam, é também saber o que eles pensam, falam e consomem. Estas ações podem ser um caminho para encontrar o nome para empresa de eventos.

Um exemplo é o aplicativo WhatsApp, na qual aplicativo se apropriou da sonoridade de uma expressão popular utilizada para iniciarmos uma conversa: What´s up, que significa “E aí?”, “Tudo bem?”, “O que está acontecendo?”.

4) CAUTELA NO USO DE SIGLAS OU ABREVIAÇÕES

Tradicionalmente as siglas tem uma conotação mais técnica e são muitas vezes associadas as entidades de classe e aos órgãos governamentais (DETRAN, MEC, CREA, CNPJ, etc…).

Considerando esta informação, avalie e utilize somente as siglas ou abreviações, caso acredite que irá corresponder ao seu projeto ou empresa de eventos e festas.

Cito como exemplo um projeto que participamos, onde tivemos a ideia de criar uma marca chamada Ei, ou, Empreendedor Investidor.

Esta marca foi aprovada pelo cliente, pois a junção do E com o i soa como “chamado” (Ei, você empreendedor!) e é esse o objetivo deste projeto, chamar a atenção dos empreendedores.

Um nome curto, de fácil assimilação e diretamente relacionado com os objetivos do projeto e com o seu público-alvo.

5) PALAVRA COMUM X PALAVRA-CHAVE

Quanto mais simples é o nome da empresa, mais fácil será a sua assimilação perante ao público. Mas devemos ter alguns cuidados, pois o nome escolhido não deve ser tão simples a ponto de usar palavras de uso comum e significado abrangente como por exemplo: amor, vida, etc.

O ideal é associar mais de uma palavra, restringindo e orientando seu significado, como: creche amor de mãe, marmita fitness vida leve, eventos Rio 40 graus, etc. Saber equilibrar a escolha das palavras e suas quantidades é importante.

Marcas que utilizam nomes com expressões de uso comum, nomes descritivos e que possuam as palavras-chave relacionadas ao negócio ou público-alvo tem a desvantagem de não serem exclusivas, podendo inclusive existir outras marcas como nomes iguais ou similares.

Neste caso a diferenciação se daria pelo estilo visual do elemento visual, o logotipo da empresa (Exemplo: 2 marcas com nomes parecidos, mas com logotipos diferentes).

Por outro lado, marcas que utilizam palavras-chave na composição do seu nome, tem uma vantagem extra quando falamos em ambiente online/internet.

Isto porque, no ambiente online, os mecanismos de busca (Google, Yahoo, Bing, etc) são orientados por palavras-chaves. Assim, entre vários fatores, os mecanismos consideram basicamente a combinação das palavras digitadas no navegador (o box ou aquela caixinha de pesquisa).

Então, quanto mais afinado a sua marca e o seu site estiverem com essas palavras-chaves (o uso delas no logotipo, endereço e conteúdo do site, etc), maiores serão chances da sua empresa aparecer na primeira página como resultado da busca. Isso significa, muito mais clientes sendo impactados pelo seu projeto ou empresa de eventos e festas.

Muito cuidado! Há diversos sites e aplicativos que geram alternativas de nomes através da combinação de palavras. O porém, é que essas combinações são pura matemática e não consideram o significado e impacto que o nome deve ter em relação ao seu modelo de negócios.       

6) JUNÇÃO OU FUSÃO DE PALAVRAS

Você pode criar o nome de uma marca a partir da junção ou da fusão de 2 ou mais palavras. Como exemplo, imagine a fusão das palavras Eventos e Inventando. Um resultado provável seria a criação da marca EVENTANDO. Legal né?

Como exercício, anote em uma folha diversas palavras relacionadas ao seu seguimento de atuação em eventos e vá fazendo as junções e fusões das palavras. Quem sabe não surge uma grande ideia!

Gosto muito da marca da festa FOLIANÓPOLIS que segue justamente este conceito. Ela foi criada a partir da junção e fusão das palavras Folia e Florianópolis. Se trata de uma das maiores micaretas fora de época do Brasil.

7) USO DE SLOGAN NA MARCA

Uma outra possibilidade é a utilização de um slogan na marca. O slogan pode ter inúmeras funções, mas quando aplicado em uma marca tem o objetivo de dizer claramente o que ela faz.

Vamos novamente pegar o exemplo da marca EVENTANDO que criamos no item anterior. Eu poderia acrescentar um slogan na marca.

Vejamos alguns exemplos:

  • EVENTANDO – Eventos Corporativos (se fosse uma produtora de eventos corporativos);
  • EVENTANDO – Ideias e Cenografia (se fosse uma empresa de cenografia de eventos);
  • EVENTANDO – Gifts e Lembrancinhas (se fosse uma empresa de brindes para atender o mercado de eventos).

8) CONHEÇA QUEM SÃO SEUS CONCORRENTES

Você pode optar em fazer uma pesquisa dos seus principais concorrentes dentro do mercado de eventos, evitando assim fazer a escolha de um nome parecido ou idêntico.

O ideal é não copiar, priorizando o nome de uma marca que mais tenha a cara do seu negócio e que esteja em sincronia com os valores dos quais, você como dono do projeto possui.

Copiar algo existente já te lançará no mercado de eventos por baixo, visto que aos olhos do seu público será: “mais uma empresinha… mais um eventinho… mais uma festinha… uma cópia barata”.

A cópia indiscriminada, pode inclusive gerar consequências duras, processos judiciais, além de prejuízos financeiros para o seu negócio.

Sempre priorize um nome para empresa de eventos único e impactante! Seja criativo, saia do comum e conquiste o espaço que é seu! Autenticidade é tudo!

ESCLARECENDO ALGUMAS DÚVIDAS COMUNS

Creio que você já deve estar com várias ideias de nome para empresa de eventos em mente. E também pode estar com algumas dúvidas sobre este assunto. Hora de sanarmos essas dúvidas.

Se, por acaso, a sua dúvida não estiver explanada a seguir, escreva-a nos comentários ao final do artigo que iremos te responder, combinado?!😉

👉 COMO FAÇO PARA MONTAR O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO MEU PROJETO OU EMPRESA DE EVENTOS E FESTAS?

Pois bem, explicaremos a seguir. Antes de mais nada, vamos deixar claro que não existe uma fórmula mágica de estratégia perfeita para ser aplicada em uma empresa de eventos.

Cada negócio deve alinhar a sua própria estratégia, pois é algo personalizado. O que temos certeza é que a estratégia deve contemplar a essência do seu negócio, considerar os pilares fundamentais do marketing e gerar experiências positivas junto aos seus clientes.

Feita a ressalva, segue abaixo um breve modelo de estrutura de negócio (para ser aplicado em seu projeto ou empresa de eventos e festas):

ANÁLISE DE MERCADO: identificar o setor e o ramo que o seu negócio irá atuar dentro do mercado de eventos.

ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO: é tudo o que influencia o seu negócio, mas que você não controla (concorrentes, mercado, clientes, etc).

ANÁLISE DO AMBIENTE INTERNO: é tudo o que influencia no seu negócio, mas que você controla (capital de investimento, produtos e serviços oferecidos, equipe interna, comunicação da marca, etc).

IDENTIFICAÇÃO DE OPORTUNIDADES E RISCOS DO SEU NEGÓCIO: aqui é o momento de analisar quais são as forças, as fraquezas, as ameças e as oportunidades em torno do seu negócio. Quais são as suas impressões sobre estes aspectos considerando a sua empresa, os seus concorrentes e o mercado de eventos que você irá atuar?

OBJETIVOS: identificados as forças, as fraquezas, as ameças e as oportunidades em torno do seu negócio é hora de traçar os seus objetivos de curto, médio e longo prazo.

PILARES DO MARKETING: definidos os objetivos, é hora de aplicar os 4Ps básicos do marketing para, enfim, partirmos para a comunicação. Estes serão a base, a estrutura da sua empresa. Lembrando que os 4Ps do marketing são:

  • Produto: Quais produtos e serviços você irá vender?
  • Preço: Quanto você irá cobrar pelo produtos e serviços comercializados?
  • Praça: Em qual local (ou locais) seus produtos e serviços serão vendidos?
  • Promoção: Quais o melhores canais de vendas para divulgação?

COMUNICAÇÃO: Aqui é o momento de elaborar um plano de comunicação e operacional da sua empresa. Saber como os seus produtos e serviços serão apresentados, em que meios de comunicação serão veiculados, como será a interação e experiência das pessoas com a sua marca, produto, etc. E é também um bom momento para definição do nome para empresa de eventos. E aqui também chegamos aos outros 4Ps fundamentais no marketing. São eles:

  • Pessoas: Lembrando que Marketing só existe e é feito por pessoas e para pessoas. Aqui é o momento de identificar, de acordo com a sua empresa: Quem é o seu público-alvo? Quais são seus desejos, problemas e necessidades?
  • Processos: Quais processos serão implementados para melhor experiência do seu cliente?
  • Posicionamento: Qual o posicionamento da sua marca? a mais amigável? a mais barata? a de melhor custo benefício? a mais exclusiva? a mais rápida? de luxo? Ter um posicionamento claro, facilitará nas criações relacionadas ao marketing da sua empresa.
  • Performance: Monitoramento da produtividade e da qualidade do seu negócio. As metas normalmente estão relacionadas ao financeiro, as vendas e ao crescimento de receita, mas podem estar ligadas também ao valor de percepção dos seus clientes relacionado aos seus produtos e serviços ou a qualquer meta que seja relevante em suas ações de marketing e vendas. Acompanhar e monitorar tudo isso é fundamental para se fazer eventuais ajustes no seu negócio, buscando atingir melhores resultados.

Estes 8Ps do marketing, compõe os pilares estratégicos e comunicacionais da sua empresa e podem ser aplicados em suas ações off-line e on-line. O que muda é o modo de interação deles com as pessoas.

ORÇAMENTO E CRONOGRAMAS: uma vez apresentado ao mercado, sua empresa de eventos deve estabelecer um cronograma de produção e de comunicação e também definir um orçamento, planilhando tudo o que ela necessita para atuar dentro do mercado de eventos de forma presente e consistente.

AVALIAÇÃO E CONTROLE: ao final de um dado período, conforme os objetivos pré-estabelecidos, será necessário avaliar a saúde da sua empresa de eventos. De nada vai valer você se empenhar dia a dia se não parar e analisar os resultados.

Esta pausa para avaliar a saúde da empresa é fundamental para descobrir as suas forças e as suas fraquezas e o que precisa ser ajustado, o que pode ser melhorado e identificar um (possível) problema a tempo de ser corrigido. É esta avaliação e controle que farão do seu negócio um constante sucesso.

Claro que existem muitas outras formas e metodologias de se encontrar o nome ideal para sua empresa de eventos e de elaborar um plano estratégico e tático (comunicacional).

Apresentamos aqui algumas ideias e sugestões que servirão como seu ponto de partida. O importante é adaptar da melhor forma a sua realidade e ao seu modelo de negócio.

👉 O QUE É E QUAL A DIFERENÇA DE NOME FANTASIA E RAZÃO SOCIAL?

NOME FANTASIA

O nome fantasia é o nome da sua marca, ou seja, o nome que você dará para sua empresa e que será apresentado comercialmente. É a marca que irá se relacionar com o mercado de eventos e com os seus clientes através do site, cartão de visitas, folheto, etc.

Aqui cabe uma observação importante! Os produtos e serviços da sua empresa também poderão ter um nome, ou seja, uma marca.

Abaixo podemos conferir alguns exemplos:

•         Nome Fantasia ou nome da empresa (marca): AmBev

Algumas marcas que a AmBev possui (produtos): Antarctica, Brahma, Bohemia, Skol, etc.

Da mesma forma que uma Produtora de festas poderia ter o nome XXX Festas e Eventos e ser dona de algumas festas (marcas) como: Festa Sertaneja XPTO, Baile Fubk XYZ, Feijoada ZZX, etc.

Você deve entender que cada marca deve ser criada e trabalhada de acordo com seu público-alvo, conforme já abordado anteriormente.

RAZÃO SOCIAL

Já a razão social é o nome sob o qual uma Pessoa Jurídica (PJ) é constituída. Toda pessoa jurídica obrigatoriamente deve ter um nome e obter uma numeração de identificação no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, ou, CNPJ (termo mais conhecido abreviado).

Cada CNPJ tem uma numeração que possui função idêntica ao do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e serve para identificar as empresas.

As regras para criação do nome variam dependendo do tipo e mercado de atuação, podendo ser autorizado ou vetado o uso de alguns termos e palavras.

Na maioria dos casos você não conseguirá manter exatamente o mesmo nome para a razão social e o nome fantasia.

Abaixo podemos conferir alguns exemplos de nomes de Razão Social e nomes fantasias utilizados por 2 grandes empresas do mercado:

EXEMPLO 1

•         Nome Fantasia: Submarino

•         Razão Social: B2W – Companhia Digital

•         CNPJ: 00.776.574/0006-60

EXEMPLO 2

•         Nome Fantasia: Mercado Livre

•         Razão Social: Ebazar.com.br LTDA

•         CNPJ: 03.007.331/0001-41

Nota: As informações aqui divulgadas estão disponíveis para consulta nos sites das empresas acima citadas.

Considere que a razão social é usada em situações formais, administrativas e jurídicas. Sua função, à priori, não é usá-la no planejamento comercial como no caso do nome fantasia.

Veja abaixo alguns exemplos de situações na qual a Razão Social e o CNPJ são empregados:

•          Cadastro em órgãos públicos e privados;

•          Cadastros em clientes e fornecedores;

•          Contratos e acordos comerciais;

•          Ações judiciais;

•          Participação em licitações públicas;

•          Abertura de conta em bancos e outras instituições financeiras;

•          Empréstimos e financiamentos;

•          Emissão de nota fiscal;

•          Contratação e registro de funcionários.

Estes são apenas alguns exemplos. O importante é você ter a visão de que sem Razão Social e CNPJ uma empresa simplesmente não consegue operar.

Vale lembrar que você deve considerar o custo de uma assessoria contábil mensal e o pagamento de impostos sobre a vendas de produtos e serviços.

Neste aspecto, recomendo a contratação de um bom contador. Este profissional irá lhe fornecer todas as informações necessárias para que você possa constituir a sua empresa de eventos da melhor forma e iniciar seu negócio de sucesso.

👉 É PRECISO REGISTRAR A MINHA MARCA? O QUE É INPI?

O INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial é a entidade responsável em fornecer o registro de marcas no Brasil.

Sobre o registro de marcas, meu amigo e parceiro de negócios, o Produtor de Eventos Murilo Sola que também é especialista em Registro de Marcas, tem uma frase a respeito do assunto:

Murilo Sola – Empresário, Expert em Eventos e Especialista em Registro de Marcas [ Certificado pelo INPI ].

A marca do seu projeto ou da sua empresa de eventos e festas deve ser registrada! Este é sem dúvida um tema que você deve levar muito a sério!

Para facilitar a sua vida, nós aqui da Eventos EAD criamos o e-book REGISTRO DE MARCAS PARA EMPRESAS DE EVENTOS ® INPI.

Clique AQUI para fazer o download GRATUITAMENTE!

👉 LOGOTIPO OU LOGOMARCA? QUAL A FORMA CORRETA?

Confira a definição e o significado destes termos:

LOGOMARCA: Termo incorreto dentro da linguarem publicitária e de design. A expressão logomarca caiu no gosto e se popularizou Brasil afora mesmo estando errada. Quando alguém diz logomarca na verdade ela está querendo dizer logotipo.

LOGOTIPO: Termo correto. Do Grego “logos” (significado) e “typos” (figura). O logotipo é um elemento figurativo e visual que serve para dar nome a uma empresa, produto ou serviço, com o objetivo de criar identidade própria e se diferenciar dos concorrentes.

Para não errar nunca mais:

LOGO: Do Grego “logos” que quer dizer SIGNIFICADO.

LOGOTIPO: Do Grego “logos” que quer dizer SIGNIFICADO e “typos” que quer dizer FIGURA. Unindo as 2 palavras teremos a expressão SIGNIFICADO DA FIGURA (tradução ao pé da letra).

LOGOMARCA: Do Grego “logos” que quer dizer SIGNIFICADO e do Germânico “marka” que quer dizer SIGNIFICADO. Unindo as 2 palavras teremos a expressão SIGNIFICADO DO SIGNIFICADO. Faz sentido para você? Por isso usar LOGOMARCA está errado.

👉 COMO DESENHAR A MINHA MARCA (LOGOTIPO)?

Você pode criar e fazer o logotipo da sua empresa de eventos de várias maneiras. Listamos 4 alternativas com seus 👍 prós e 👎 contras:

ALTERNATIVA 1: CONTRATAR UMA AGÊNCIA

Ao contratar uma agência, normalmente, você irá elaborar não somente a criação da sua marca como também irá desenvolver os itens de papelaria, ou seja, o cartão de visita, o panfleto com apresentação da sua empresa, a pasta portifolio, etc.

Por isto que é comum fechar pacotes de criação junto a agência e/ou escritório de design. Inclusive você pode e deve exigir a assinatura de contrato para obter mais garantias sobre aquilo que está sendo contratado.

Dependendo do tamanho da agência, esta poderá ter um grupo de profissionais de design, marketing e comunicação a disposição para trabalhar no seu projeto.

👍 Prós: Estrutura criativa disponível com estudo e experiência no atendimento de diversas empresas.

👎 Contras: Pode ser uma opção mais cara dependendo do tamanho da agência e clientes atendidos.

O que fazer: Se tem amigos inseridos no marketing ou na publicidade, peça indicações. Caso não possua, pesquise na internet e acesse o site da empresa. Orce com pelo menos 3 opções de empresas. Analise o atendimento, o portfolio, o valor, o prazo de pagamento e o tempo de conclusão do serviço. Decida, considerando a empresa que irá te oferecer o melhor custo benefício.

ALTERNATIVA 2: CONTRATAÇÃO DE FREELANCERS (PROFISSIONAIS AUTÔNOMOS)

Profissionais freelancers podem ser uma excelente opção, visto que não tem os mesmos custos fixos de agências e muitas vezes são profissionais com vasta experiência em design e criação, oferecendo um preço bem acessível.

👍 Prós: Obter um trabalho altamente qualificado com custo acessível.

👎 Contras: Informalidade e falta de nota fiscal.

O que fazer: Seguir as mesmas recomendações da Alternativa 1. Existem diversos sites onde você pode contratar profissionais das mais variadas localidades do Brasil e do mundo. O site Workana é uma ótima opção.

ALTERNATIVA 3: CONTRATAR UM PARENTE OU CONHECIDO

Sinceramente, não recomendo. Ocorre que a tendência é que a pessoa/empresa confunda “pessoal com profissional”, além de em muitos casos o contratado para o serviço não possuir conhecimento técnico em design, marketing e comunicação, comprometendo assim o resultado final do projeto.

Se realmente quiser seguir essa alternativa, sem problemas. Só cuide para que os mesmos critérios recomendados para Alternativa 1 sejam avaliados.

👍 Prós: O preço talvez seja mais atrativo.

👎 Contras: O vínculo próximo pode gerar confusão sobre “pessoal e profissional”.

O que fazer: Seguir as mesmas recomendações da Alternativa 1.

ALTERNATIVA 4 : VOCÊ E/OU SEU SÓCIO FAZER

Opção válida, desde que você ou seu sócio entendam de conceitos de design gráfico, bem como da operação de programas para tal (Photoshop, Corel Draw, AI – Adobe Ilustrator, dentre outros).

Marcas criadas em discordância como os conceitos de design e principalmente com a essência do negócio tendem a não prosperarem. Avalie bem se vale a pena ou não absorver esta tarefa.

👍 Prós: Economia de dinheiro e a possibilidade de dar uma identidade sem ruídos, considerando que a criação está sendo realizada por pessoas de dentro do negócio.

👎 Contras: “Perda” de tempo, pois haverá investimento do tempo por parte de algum sócio. Principalmente no caso do “não conhecimento”. Lembre-se que o tempo é um dos, se não o maior, ativo de um negócio. 

O que fazer: Por a mão na massa e criar diversas opções de marcas, sendo estas apresentadas para aprovação dos envolvidos no projeto ou empresa de eventos e festas.

ALTERNATIVA 5: CRIAR O LOGOTIPO EM SITES AUTOMATIZADOS DA INTERNET

Atualmente existem inúmeros sites a apps que oferecem a criação automatizada de marcas, considerando o nome e o seguimento de atuação. No geral, eles simulam estas variáveis e apresentam alguns resultados a custos muito baratos (de 1 a 10 dólares).

👍 Prós: Baixo custo e rapidez na criação do logotipo.

👎 Contras: Falta de personalização e desconsideração de critérios básicos de design gráfico.

O que fazer: Simular nestes sites para obter opções de logotipo e decidir se vale a pena, baseado nas outras alternativas disponíveis já abordadas.

CONCLUSÃO

COMO CRIAR UM NOME CRIATIVO PARA EMPRESA DE EVENTOS (PASSO A PASSO)

Agora que você já sabe o que deve e o que não deve fazer, siga este passo a passo para criar a sua marca de projeto ou empresa de eventos e festas:

PASSO 1: DEFINA O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA SUA EMPRESA

Como já mostrado anteriormente, faça o planejamento estratégico do seu projeto ou empresa de eventos e festas, coletando o máximo de informações possíveis.

PASSO 2: ELABORE OS POSSÍVEIS NOMES DA SUA EMPRESA

Você pode iniciar essa etapa sozinho ou se preferir, reunir pessoas de sua confiança (que não precisam necessariamente ser da área eventos e festas) para uma seção de Brainstorming.

O que é Brainstorming?  É uma técnica de discussão em grupo que se vale da contribuição espontânea de ideias por parte de todos os participantes, no intuito de resolver algum problema ou de conceber um trabalho criativo (ideias).

O objetivo é de obter o máximo de ideias de prováveis nomes para sua marca, sem censura. Aplique esta técnica e anote todos os nomes que surgirem (mesmo os mais tolos) até total esgotamento das sugestões.

PASSO 3: SELECIONE AS MELHORES IDEIAS DE NOMES

Pegue a listagem com todos os nomes e selecione entre 5 e 10 opções que mais lhe agradam e que tenham relação direta com o seu projeto ou empresa de festas e eventos.

Se estiver em grupo, você pode fazer uma votação e/ou pedir para cada pessoa argumentar o motivo que levou a escolha do nome.

Anote tudo e de um tempo para as ideias amadurecerem. Na empolgação podemos deixar de lado uma ideia ou um nome muito mais bacana e apropriado ao negócio.

PASSO 4: CONSULTE A DISPONIBILIDADE DO DOMÍNIO E NO INPI

O domínio será o seu endereço www na internet. Recomendamos priorizar o uso das extensões .com.br e .com

Basicamente o endereço do seu site ficará: www.suaempresadeeventos.com.br ou www.suaempresadeeventos.com

Nesta etapa você irá tirar a prova real para saber se as suas sugestões de nomes de marca estarão disponíveis para registro ou se alguém já registrou, sendo neste caso o proprietário legal da marca. É o momento de revisar as suas anotações e definir o nome da sua empresa.

PASSO 5: CRIAR O LOGOTIPO DO SEU PROJETO OU EMPRESA DE EVENTOS E FESTAS

Após a consulta do domínio e no INPI e a confirmação da disponibilidade do nome, você poderá iniciar a criação do seu logotipo, ou seja, a parte visual do nome criativo para seu projeto ou empresa de eventos e festas.

Agora é colocar tudo em prática e ter muita coragem para superar os desafios!

Espero que tenha gostado! 🙂

Deixe o seu comentário no final deste artigo 🙂

Sucesso em seus Eventos!

Vivian Kadowaki – Empresária e Expert em Eventos

Contribuição: Murilo Sola – Empresário e Expert em Eventos

CLIQUE sobre o ícone, compartilhe este artigo e leve conhecimento para outros profissionais de eventos. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on email

Este post tem 4 comentários

  1. Evanir Antunes da silva

    Muito bom bem sinples e fácil compreensão

    1. Murilo Sola

      Obrigado pela participação novamente Evanir! Sucesso em seus Eventos amiga!🙏

  2. Eu

    Muito bem elaborado os seus comentários gostei muito

    1. Murilo Sola

      Oi Antonio, como vai? Seja bem-vindo! Definir um nome para empresa de eventos é uma dúvida muito comum de quem pretende criar uma festa, abrir uma empresa de eventos ou mesmo empreender em um projeto dentro do seguimento de eventos. Ficamos muito feliz que tenha gostado e desejamos Sucesso em seus Eventos!👊

Deixe um comentário